Miguel Abreu no Teatrão

A convite do Teatrão Miguel Abreu, diretor da Cassefaz, orientou nos dias 24 e 25 de outubro passado, uma masterclasse sobre públicos (Regresso aos Públicos), na Oficina Municipal de Teatro, em Coimbra, a convite do Teatrão e de Maria João Brilhante.

Com pontos de vista controversos, experiências comprovadas e algumas intuições para discutir. Cada participante foi convidado a colocar-se no lugar do(s) público(s) para lançar mais achas para a fogueira deste debate tão político quanto cultural.
 
Público ou públicos? A questão vem de longe como veremos. Que fazer com ele(s)? Seduzi-los? Ignorá-los? Houve até quem, nos idos de 60 falasse de não-público. Podem artistas, programadore/as, director/as de estruturas de criação não pensar em quem decide frequentar salas de espectáculo e museus e colocar-se perante criações artísticas para se divertir, descobrir ou aborrecer? Pensemos no que fazer com todos eles (ou com alguns apenas…). Que equívocos ou felizes encontros nascem desse tempo partilhado?